arte de viver

Viver é uma arte. Podemos colorir nossos dias, extraindo dos momentos difíceis, oportunidades de aprendizado e mudança. Cada dia é como uma página em branco que somos chamados a preencher.

Somos autores de nossa história. Ela pode ser colorida e vibrante, mas podemos escolher uma imagem preto e branco, desfocada e confusa. A criatividade do artista define as nuances que serão realçadas.

Para isso, nosso olhar precisa estar ajustado. Os desafios podem representar oportunidades de crescimento e superação. Nosso cotidiano esconde beleza e novidade, que devemos ser instigados a explorar.

O texto abaixo de Cora Coralina, é um convite à simplicidade. O lugar comum colorido por nosso olhar, por um sorriso ou abraço tem potencial de mudar as circunstâncias e a vida de outros.

Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:

  • colo que acolhe,
  • braço que envolve,
  • palavra que conforta,
  • silêncio que respeita,
  • alegria que contagia,
  • lágrima que corre,
  • olhar que acaricia,
  • desejo que sacia,
  • amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar.

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende com o que ensina.

Cora Coralina

Sejamos agentes de mudança por onde passarmos. Os lápis coloridos estão em nossas mãos. Com eles, podemos desenhar contornos variados, colorindo nossos dias cinzentos e escuros.