diferente é aquele que decidiu pagar o preço

Custa caro ser diferente, especialmente quando a maioria está satisfeita em misturar-se e permanecer como a maioria.”

Charles Swindoll

Andar contra a multidão não é tarefa fácil. Em geral é mais fácil adaptar-se ao que todos fazem, para não correr o risco da exposição, ou do fracasso.

Ser diferente é assumir nossa identidade e não conformar-se com os padrões pré-estabelecidos, especialmente quando eles inibem ou subtraem nossa essência.

No entanto, ser diferente não significa entrar em conflito ou simplesmente contrariar por contrariar. Ser diferente, às vezes, é também ser igual. Ter coragem de concordar e de se adaptar.

Quando se pretende viver uma vida com significado, nosso valor e nossa identidade precisam estar claros. Somos incapazes de dar alguma coisa, seja o que for, se não a possuímos. Só podemos repartir aquilo, que em alguma medida, já nos pertence.

Uma identidade alicerçada em valores corretos, nos possibilitará influenciar outros a seguirem a mesma jornada de descoberta de quem são. As diferenças, quando harmonizadas, promovem diversidade e enriquecem nossa experiência.

Toda unanimidade é burra. Quem pensa com a unanimidade, não precisa pensar.”

Nelson Rodrigues

O exercício de questionar nos leva a descobertas a respeito de nós mesmos e do mundo que nos rodeia. As grandes descobertas e avanços da humanidade nasceram em mentes questionadoras.

Sendo diferente nas pequenas coisas

Conta-se de uma filha, recém-casada, que recebe sua mãe para almoçar e decide servir-lhe um peixe assado. Enquanto preparava o peixe, de acordo com a receita da família, removeu-lhe a cabeça e o rabo.

O marido curioso, que a observava, perguntou-lhe porque havia feito isso. Ao que, ela prontamente respondeu que sempre vira sua mãe preparando peixe assado desta forma.

Como a sogra estava próxima, ele fez a mesma pergunta para ela, e a resposta foi idêntica. Vira sua mãe preparando o assado daquela forma e fazia igual.

A avó da moça ainda era viva. Diante da curiosidade de todos, ligaram para avó que então explicou:

  • O motivo pelo qual sempre cortei a cabeça e o rabo do peixe, antes de assá-lo, é por não possuir uma forma grande suficiente que me permitisse assá-lo inteiro.

A simples repetição de padrões herdados, sem questionamento, não só nos emburrece, como nos impede de descobrir aspectos inexplorados de nós mesmos.

Sendo diferente em nossa geração

Cada nova geração tem potencial de implementar mudanças e elevar o padrão de excelência do que se vive. Nascemos com um propósito, com um destino. Ninguém pode ocupar nosso lugar ou nos substituir.

Cada um carrega potencial para influenciar sua geração, se tiver ousadia de assumir sua identidade. Acredite em seu potencial e ouse ser diferente. Seja você mesmo.