perfeito eu

Nosso eu perfeito nem sempre é compreendido em sua totalidade. A realidade de que somos únicos, e portanto insubstituíveis, nem sempre é tão óbvia como parece.

Reconhecemos e concordamos com certa facilidade que nosso DNA é único, assim como são únicas nossas impressões digitais. Mas, o mesmo não acontece em relação a outros aspectos de nossa personalidade e trajetória.

A realidade é que somos únicos. Ninguém pode representar o conjunto de coisas que compõe nosso eu. Ele é formado por nossas características físicas, somadas a nossas experiências e memórias, genética e uma enormidade de outros fatores.

A perfeição do universo

Quando Deus criou o universo, cada um de nós já fazia parte de Seu plano. A ciência e a bíblia mostram que somos peculiares. Inteligente e brilhantemente projetados para exercer um papel que ninguém mais pode cumprir. Assim, quanto mais nos especializarmos em ser quem somos, mais realizadora e impactante será nossa vida.

Quem é nosso Eu Perfeito? Ele é o conjunto de ações que são definidas pela maneira como processamos e exibimos nossa singularidade através de nossos pensamentos, sentimentos e escolhas.

Dra. Caroline Leaf escreveu um livro (Seu perfeito você) sobre o tema. Sendo uma neurocientista cristã, ela conecta brilhantemente os ensinamentos bíblicos com a ciência. Este livro, e alguns outros materiais dela, já foram traduzidos para o português.

É uma leitura que indico e recomendo, já que a descoberta de nossa identidade, e o posicionamento decisivo em relação a quem somos, determina o impacto que teremos em nossa sociedade.

Sem comparações

Não devemos gastar tempo e energia com comparações, por mais saudáveis que elas pareçam no primeiro momento. Ninguém conseguirá viver o que exclusivamente nós fomos criados para viver.

Aproprie-se de seu perfeito eu. Não permita que alguma circunstância, ou mesmo sua própria visão a respeito de si mesmo, subtraia sua essência. Saiba que existe sobre cada um de nós um chamado e um propósito.

Busque, com a ajuda do Espírito Santo, o entendimento de quem você é. Existe potencial sobre nossa vida para impactar nossa geração, com o que somos e com o que fomos chamados a fazer.

Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado, e esmeradamente tecido nas profundezas da terra. Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles.” Sl 139.15,16